Faixa publicitária
Noticias de Aveiro -

Coisas de Nada ou Talvez Não
Quarta, 21 Fevereiro 2024 10:59

Hoje apeteceu-me passar a escrito algumas das “cenas”, como se diz na gíria dos mais jovens, e não só. Podem parecer “coisas de nada”, mas talvez não. Depende do prisma de cada um, ou ponto de vista este que é fruto do seu “eu”, porque, sabemos, perante um facto observado por duas ou mais pessoas ele pode ser interpretado de forma diferente, consoante, dizem os psicólogos”, o seu “background”. Mas o que é isso que transportamos, desde a barriga da nossa mãe, que não tem a ver com o ADN que herdamos na nossa arvore genealógica?

Por Serafim Marques *

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

O Background é uma palavra inglesa que pode ter vários significados, entre eles a experiência de vida, antecedentes pessoais e familiares, contexto sócio económico, ambiente familiar e social, circunstâncias, meio envolvente e social, educação, religião, esta e perda de influência no “Ocidente Judaico-Cristão”, etc. Aliado à nossa estrutura biológica, chamemos-lhe assim, as nossas atitudes, os nossos valores humanos, etc, – que muita gente designa como personalidade, indo ao ponto de misturar a influência dos signos do zodíaco na construção dessa personalidade e consequentes atitudes e comportamentos, – são fruto dessas duas componentes, isto é, “age assim, porque tem uma personalidade que herdou do avô” – ou de outro familiar.

Muita gente chega ao ponto de dizer que tal criança de meia dúzia de anos ou bem menos, tem uma” personalidade forte” para justificar o seu irrequietismo, a sua indisciplina e, muitas vezes, atos de agressões no colo da própria mãe! Demissão dos educadores que se “desculpam” com a sua incompetência ou medo de fazer mal à criança? Medo de serem acusados de “educadoras do antigamente”?

Há dias, estava eu nos balneários infantil duma piscina pública, com o meu neto de cinco anos e ao lado uma mãe jovem levou várias palmadas no braço com que o segurava o filho, talvez de quatro anos, porque esta estava a secar-lhe a cabeça pós banho, com o secador na outra. Nem uma reprimenda aquela mãe disse àquele pequeno ditador. Cenas destas e muito, mas muito mais graves, já eu presenciei na via publica. Uma delas deixou-me a alma em estado atribulado, porque de inimaginável violência do filho, de cerca de oito anos, sobre a mãe e continuada pela rua fora. ..

Pouco dias depois, levei o meu neto à escola de futebol que ele frequenta. Eram doze crianças todas com cinco ou menos anos de idade e do grupo havia apenas uma menina. Num exercício que o monitor mandou executar, verifiquei que, no chão, lutavam pela posse duma bola (com as mãos) a menina e uma outra criança do grupo e não estava fácil haver um vencedor da contenda, pelo que o monitor foi separá-los e levantou as duas crianças e puxou menino. Contudo, este ao ser puxado agarrou-se à t-shirt da menina, não a largando e não hesitava em dar-lhe pontapés nas pernas. Não contente com a “derrota” por não ter vencido a miúda, e já livre do monitor, ainda foi dar-lhe mais alguns pontapés com as “chuteiras”. O(s) “educadores” daquele miúdo estaria(m) por ali em redor do recinto de mini futebol, mas ou estaria(m) com os olhos presos no ecrã do telemóvel ou não viram o comportamento do seu educando. Eu vi e, se por acaso, tivesse sido o meu neto, eu entraria no recinto e teria agido pedagógica, mas veementemente e com firmeza, porque o gesto do rapazinho era completamente desadequando.

Alguns dos (as) leitores (as) dirão que é próprio de crianças daquela idade e que o rapazinho é daqueles que tem uma “personalidade forte” e luta pela vitória. Dirão ainda que não se podem contradizer as crianças, para não lhes causarmos traumas. Dirão outras vozes que não se deve dar importância a essas “lutas e agressões” entre crianças e que é sinal de vitalidade, sendo preferível esta “violência infantil” àqueles comportamentos amorfos que , cada vez mais, se apoderou das “crianças de gaiolas”, atenção, não confundir com casas pequenas, mas sim crianças agarradas, quase desde logo que nascem, aos telemóveis, amordaçadas em troca da “paz” das crianças que, essas sim, já não sabem “chutar uma bola” ou correrem pelos parques. Outros(as) dirão que, mesmo nessa idade, se deve agir pedagogicamente, porque a violência é algo que não tem idades. Dirão ainda outros que o ser humano é selvagem à nascença e é a socialização inculcada durante a vida, eu diria até morte, caldeada com a características biológicas, que o vai dotar duma personalidade do tipo A, B, etc.

É prematuro “descobrir” nas crianças até certa idade, se faz parte do seu “ADN” a eventual violência, de qualquer tipo, incluindo a violência doméstica. Mas voltando à influência da socialização na determinação da nossa personalidade, que nunca é estanque porque a personalidade é o conjunto das características dominantes de uma pessoa, é a força ativa que ajuda a determinar o relacionamento da pessoa baseado no seu padrão de individualidade pessoal e social, referente ao pensar, sentir e agir. Personalidade é um termo abstrato utilizado para descrever e dar uma explicação teórica do conjunto de peculiaridades de um indivíduo que o caracterizam e diferenciam dos outros.

Os criminosos e outros “marginais” também foram crianças e tiveram pais e mães. Logo, “é de pequenino que se torce o pepino” ou, dito de outra forma, Educar com Amor e Firmeza é o melhor investimento nos seres em crescimento. Custará a entender, ou as vítimas continuarão a surgir, por exemplo na “violência doméstica”, desde logo de muita tenra idade nos namoros.

* Economista (Reformado),”Crónicas de Lisboa”.

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.

O conteúdo Coisas de Nada ou Talvez Não aparece primeiro em Notícias de Aveiro.


Águeda / Dança: A enorme complexidade que é o tempo
Quarta, 21 Fevereiro 2024 09:21

“TIME” é tempo de estarmos juntos, dentro de uma sala de teatro a brincar. “TIME” é uma peça de dança, criada para duas atrizes e um ator, que se desenvolve em torno da enorme complexidade que é o tempo.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

Conceção e direção artística de Aldara Bizarro.

Dia 2 de Março.

Continuar para mais informações.

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.

O conteúdo Águeda / Dança: A enorme complexidade que é o tempo aparece primeiro em Notícias de Aveiro.


Visitas guiadas ao Museu de Sever do Vouga
Quarta, 21 Fevereiro 2024 09:13

O Museu Municipal de Sever do Vouga organiza, duas vezes por mês, aos sábados, visitas guiadas.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

O museu é apresentado como “centro cultural dinâmico, comprometido em contar a história de um território, divulgando os seus patrimónios e elementos de interesse cultural e etnográfico, mas também um local onde se investiga, se protege e se dá a conhecer os patrimónios de Sever do Vouga”.

Continuar para mais informações.

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.

O conteúdo Visitas guiadas ao Museu de Sever do Vouga aparece primeiro em Notícias de Aveiro.


Albergaria-A-Velha / Tecnologias: Projeto educativo renovado
Quarta, 21 Fevereiro 2024 09:01

A Câmara de Albergaria-A-Velha renovou a prestação de serviços que mantém com a Inova-Ria – Associação de Empresas para uma Rede de Inovação em Aveiro para dar seguimento a atividades locais de divulgação e formação escolar na área da robótica e de programação.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

A implementação do novo projeto educativo tem um preço contratual de 74.400 euros e prazo de execução de 731 dias. Um contributo municipal para fomentar a “igualdade de oportunidades de acesso aos recursos educativos dos alunos dos 1º, 2º e 3º ciclos” nas áreas em causa.

Em 2019, a Câmara de Albergaria-A-Velha e a Inova-Ria iniciaram o projeto Tech@schoo, no âmbito da Agenda Municipal da Educação do Município, para divulgar oportunidades no âmbito das Tecnologias da Informação, Comunicação e Eletrónica. Seguiram-se outras iniciativas, como o ‘Laboratório de Programação e Robótica’ na Biblioteca Municipal para estudantes.

Atividades a desenvolver em 2024/25

» 4º ano do 1.º CEB – Nas áreas integradas com o pensamento computacional, inserido na disciplina de matemática, a sustentabilidade ambiental, cidadania, prevenção rodoviária, saúde e educação financeiras;

» 2º e 3º CEB – Programação e robótica com recursos a robots humanoides; arduínos, croc&play, drones e robots doc;

» 9º ano do 3º CEB – Tecnologia na escola, dando a conhecer o contexto empresarial nas áreas TICE.

Artigos relacionados

Laboratório de Programação e Robótica nasce na Biblioteca Municipal

Inova-Ria lança projeto Tech@School para fomentar interesse pelas TICE

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.

O conteúdo Albergaria-A-Velha / Tecnologias: Projeto educativo renovado aparece primeiro em Notícias de Aveiro.


Águeda: Zona do Souto do Rio recebe melhoramentos
Quarta, 21 Fevereiro 2024 08:33

A União das Freguesias de Águeda e Borralha, que abrange o centro da cidade de Aveiro, vai proceder à remodelação de espaços verdes.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

Uma intervenção que prevê, também, a criação de lugares de estacionamento na zona da chamada Urbanização do Souto Rio.

A empreitada acaba de ser entregue pelo valor de 37.500 euros.

O contrato prevê um prazo de execução de 30 dias.

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.

O conteúdo Águeda: Zona do Souto do Rio recebe melhoramentos aparece primeiro em Notícias de Aveiro.


Oliveira do Bairro coloca ‘em marcha’ Plano Municipal da Juventude
Terça, 20 Fevereiro 2024 23:42

O Plano Municipal da Juventude do Município de Oliveira do Bairro encontra-se em elaboração, estando a autarquia a apelar aos jovens munícipes para que preencham um questionário on-line, anónimo e confidencial, no sentido de obter mais informação relativamente aos seus principais anseios e preocupações.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

O questionário tem como propósito terminar a fase de diagnóstico, auscultando os jovens sobre os seus percursos educativos e/ou profissionais, bem como sobre os seus gostos e interesses, para além das suas opiniões sobre os desafios para o futuro.

De acordo com Susana Martins, Vereadora da Juventude, a resposta ao questionário “é essencial para conhecer, diretamente pela voz dos jovens, os seus desafios e expectativas, e assim fundamentar um plano de ação que lhes dê respostas, desenhado de forma colaborativa”.

Para além deste documento, a autarquia bairradina disponibiliza ainda a possibilidade dos jovens do concelho se inscreverem em grupos de discussão (focus groups) que estão a ser constituídos, no sentido de recolher informação, sugestões e opiniões sobre vários aspetos que podem ser trabalhados pelo poder local e não só.

Os dois formulários estão disponíveis nas redes sociais e site do Município de Oliveira do Bairro, disponível em www.cm-olb.pt.

A informação obtida permitirá a construção do Plano Municipal da Juventude de Oliveira do Bairro, de forma a sustentar a implementação de uma estratégia de ação, capaz de responder aos desafios que se colocam aos jovens entre os 14 e os 30 anos que residem, estudam ou trabalham no concelho.

Câmara de Oliveira do Bairro

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.

O conteúdo Oliveira do Bairro coloca ‘em marcha’ Plano Municipal da Juventude aparece primeiro em Notícias de Aveiro.


Homem ferido com gravidade após queda no molhe sul
Terça, 20 Fevereiro 2024 23:34

Um homem, de 55 anos, sofreu esta terça-feira ferimentos graves depois de cair no molhe sul do Porto de Aveiro, incidente que obrigou ao resgate da vítima nas rochas.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

A queda ocorreu pelas 19.10, adianta uma notícia da Agência Lusa citada pelo Jornal de Notícias.
Continuar para ler artigo.

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.

O conteúdo Homem ferido com gravidade após queda no molhe sul aparece primeiro em Notícias de Aveiro.


Indústria Automóvel 4.0: Tecnologia e Transição Energética
Terça, 20 Fevereiro 2024 21:29

A indústria automóvel e de componentes tem sido, ao longo das últimas décadas, um setor fundamental na economia portuguesa, representando uma importante fatia das exportações e contribuindo para o crescimento económico do país. Portugal assume-se, cada vez mais, como participante importante neste setor, enfrentando desafios tecnológicos, ambientais e regulamentares num mercado global altamente competitivo.

Por Jorge Rosa *

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

A evolução do setor tem sido notável, percorrendo “milhares de quilómetros” até alcançar o conceito de “Indústria 4.0”, que veio revolucionar o processo produtivo e toda a gestão das cadeias de abastecimento. Esta mudança revelou-se especialmente impactante para o momento atual das empresas do cluster devido às suas necessidades de eficiência e de produção síncrona entre construtores e fornecedores. Neste capítulo, a transformação digital tem sido um dos motores da mudança, promovendo a digitalização da indústria e o acompanhamento das tendências tecnológicas, aliadas da transição energética.

Neste caminho de transição, a eletrificação dos veículos tem sido conduzida como prioridade, a nível mundial, para a redução das emissões de CO2. Como tal, muito têm contribuído os avanços tecnológicos, tornando os veículos elétricos mais acessíveis e atraentes para os consumidores. As baterias, cada vez mais avançadas, têm permitido um aumento da autonomia dos automóveis elétricos, incentivando a sua utilização. Adicionalmente, o software de gestão de frotas e as tecnologias de segurança têm vindo a melhorar a experiência de condução e a condição dos veículos nos principais mercados.

Neste contexto, a Europa, a Ásia e a América do Norte continuam a ser as principais potências de uma indústria global e intensa, com construtores e fornecedores de referência. Na corrida pela liderança mundial – na produção e venda de veículos – pesam regulamentações relacionadas com emissões poluentes e eficiência energética. Este facto tem impacto direto na estratégia das empresas, motivadas a desenvolver tecnologias mais sustentáveis e eficientes para cumprir as normas estabelecidas. O papel das políticas governamentais é, portanto, crucial nesta corrida, uma vez que podem influenciar o desenvolvimento da indústria através de incentivos fiscais para veículos elétricos, investimentos em infraestruturas de carregamento e regulamentações das especialidades.

Recorde-se, ainda, que a globalização da cadeia de fornecimento permanece uma realidade e um desafio constante da indústria. A dependência de componentes de diferentes países e os desafios logísticos associados a esta complexa cadeia requerem uma gestão cuidadosa e estratégica por parte das empresas, especialmente neste contexto atual de transição para a mobilidade elétrica, onde a cadeia de valor é mais exigente.

É, deste modo, que a indústria automóvel enfrenta desafios e oportunidades para o futuro. As empresas devem adaptar-se às mudanças tecnológicas, regulatórias e geopolíticas, diversificando as suas ofertas e redesenhando as suas estratégias de mercado. No caso de Portugal, os investimentos em I&D são essenciais para acompanhar as tendências digitais, energéticas e enfrentar os desafios do mercado global. Além do investimento interno, as startups de tecnologia podem ter um papel importante no impulsionamento da inovação e de soluções de mobilidade, respondendo às prioridades dos consumidores modernos – mais interessados em sustentabilidade, transporte inteligente e novos modelos de negócio.

Em suma, é fundamental que o cluster automóvel de Portugal continue a empreender esforços no sentido de auxiliar as empresas do setor a enfrentarem os desafios e a capitalizarem as oportunidades disponíveis. A sua atuação na promoção da inovação, no estímulo à cooperação e na expansão internacional tem sido crucial para impulsionar o setor automóvel e de componentes nacional face aos mercados externos. Estamos convictos de que este setor detém um vasto potencial para se desenvolver e prosperar no futuro.

* Presidente da MOBINOV – Cluster Automóvel de Portugal. Artigo publicado originalmente na Revista BOW 29 – A Indústria Automóvel e de Componentes – Desafios nos Mercados Internacionais.

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.

O conteúdo Indústria Automóvel 4.0: Tecnologia e Transição Energética aparece primeiro em Notícias de Aveiro.


Salvador Malheiro apresenta queixa-crime contra dirigente do CHEGA que o acusou de corrupção
Terça, 20 Fevereiro 2024 16:57

Salvador Malheiro apresentou hoje, no Tribunal de Ovar, uma queixa-crime contra Mário Victor Monteiro, líder do CHEGA no concelho vareiro e antigo militante do PSD, que denunciou a entrega de quantias de dinheiro ao ex-presidente da Câmara de Ovar para a adjudicação da obra de requalificação Esmoriztur a um empreiteiro local.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

“No passado fim de semana fui alvo de acusações muito graves, completamente falsas e infundadas, proferidas, na primeira pessoa por esse senhor e com ampla difusão na comunicação social. Perante tais comportamentos que ofenderam profundamente o meu bom Nome, a minha Honra, a minha Dignidade e a minha Reputação tinha que me defender com a apresentação desta queixa-crime e com o respetivo pedido de indemnização civil”, afirma o agora candidato a deputado pela AD no círculo distrital de Aveiro, numa informação partilhada pelas redes sociais.

“Espero agora que a justiça seja célere por forma a minimizar os graves danos causados sobre a minha Pessoa”, conclui Salvador Malheiro.

Artigos relacionados

MP investiga alegado caso de corrupção envolvendo o ex-autarca de Ovar Salvador Malheiro

Câmara de Ovar desconhece “qualquer processo” sobre suspeitas de corrupção na obra do Esmoriztur / Salvador Malheiro nega acusações

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.

O conteúdo Salvador Malheiro apresenta queixa-crime contra dirigente do CHEGA que o acusou de corrupção aparece primeiro em Notícias de Aveiro.


Aveiro: Catarina Martins junta-se à campanha do BE para jornada na UA
Terça, 20 Fevereiro 2024 16:23

A ex-coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, juntou-se à campanha em Aveiro tomando parte numa reunião com o reitor da Universidade de Aveiro, seguida de contacto com estudantes.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

Em nota de imprensa, os bloquistas dizem que alertaram para a subida dos preços da habitação e as limitações e exclusões que acarretam para a frequência no ensino superior. Dados citados do Observatório do Alojamento Estudantil relativos a Aveiro apontam que nos últimos 2 anos (2021-2023), o preço dos quartos aumentou 32% e a oferta reduziu-se 67%.

“A candidatura do Bloco de Esquerda está preocupada com o abandono do ensino superior devido a esta realidade e quer que a construção de alojamento estudantil público seja acelerada e que haja a adaptação de edifícios públicos sem utilização para conversão em residências estudantis”, assim como “protocolos com o setor hoteleiro e do alojamento local” para disponibilizarem “quartos em número suficiente e a preços controlados aos estudantes deslocados bolseiros e não bolseiros”.

O BE defende, igualmente, a” requisição de imóveis afetos ao alojamento local ou alojamento utilizado com fins turísticos, priorizando as habitações detidas por proprietários com elevado número de imóveis em alojamento local/turístico.”

Nesta iniciativa, a candidatura do Bloco de Esquerda reivindicou, ainda, “a redução das propinas tendo em vista o seu fim.”

A “capacidade financeira das universidades é outra das preocupações”, levando o BE a defender que, na próxima legislatura, deve ser atingido “3% do PIB em investimento em ciência e investigação, em financiamento maioritariamente público” e que se reequilibre “a relação de investimento em ciência básica e ciência aplicada.”

O Bloco aborda, também, o problema precariedade no ensino superior e na ciência, propondo “financiamento público plurianual contratualizado com as instituições de ensino superior, laboratórios e centros de investigação”, entre outras medidas de apoio.

A pré-campanha bloquista no distrito terá, esta quarta-feira, a presença da coordenadora do partido, Mariana Mortágua, em Aveiro (Casa da Sustentabilidade), pelas 21:00.

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.

O conteúdo Aveiro: Catarina Martins junta-se à campanha do BE para jornada na UA aparece primeiro em Notícias de Aveiro.



Font changer Font changer Font changer

Frequesias

Últimos Comentários

Contacte-nos






VISITAS

HojeHoje32
Esta SemanaEsta Semana273
Este MêsEste Mês1704
TOTALTOTAL87954
Webfeel